Notícias

Atualizado em 15/02/2018 às 16h06

Novas estratégias serão desenvolvidas no Plano Municipal de Arborização


Na manhã desta quinta-feira (15) uma reunião discutiu novas estratégias para a implantação do Plano Municipal de Arborização de Santarém – Projeto Floresta Urbana. O encontro foi no auditório do Centro Municipal de Informação e Educação Ambiental (Ciam), promovido pela Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra) e Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca (Semap), em conjunto com a Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa) e o Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (Ideflor-Bio).

Durante a reunião, o Prof. Msc. em Ciências de Florestas Tropicais da Ufopa, Everton Almeida, que dirige o Projeto Floresta Urbana, apresentou os trabalhos realizados em 2017, quando a atual gestão colocou em prática o projeto piloto.

Segundo ele, a arborização urbana de Santarém ainda deixa muito a desejar, pois acaba trazendo alguns transtornos por não ser a mais adequada, a exemplo do plantio de mangueiras: "Isso é uma questão conflituosa, não conseguimos passear na calçadas e como é uma problemática antiga, estamos propondo um piloto para os 10 bairros que visem a correção desses problemas e a iniciativa sirva como modelo para as demais áreas da cidade".

A secretária de Meio Ambiente, Vânia Portela, destacou que o trabalho de arborização de praças e meios fios atualmente estão sobe a responsabilidade da Semap, porém, no sentido de somar esforços, é que o Floresta Urbana foi adotado pela administração municipal, sendo que as instituições têm unido as parcerias para organizar a arborização do município.

Saiba mais...

"Tivemos exemplos de iniciativas de arborização na cidade que não deram certo, por isso, queremos firmar estratégias eficientes para que todo o trabalho técnico resulte no plantio mais adequado, podendo se concretizar a arborização da área urbana de Santarém e, assim, a população ser beneficiada com os serviços florestais destas espécies. Por isso, hoje estamos apresentando o Projeto aos demais parceiros, a exemplo da Fundeflor que vai poder colaborar na aquisição de insumos e equipamentos", pontuou a secretária de Meio Ambiente.

Até o final deste mês uma nova reunião será realizada para a atualização do cronograma das intervenções a serem implementadas ao logo de 2018.

 

Plano Municipal de Arborização

A iniciativa é uma parceria da Prefeitura de Santarém – via Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra) e Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca (Semap) – em conjunto com a Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa) e Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (Ideflor-Bio).

É um projeto piloto de médio prazo com uma execução prevista em 3 anos, realizando inventários, diagnósticos, escolha de espécies, produção de mudas em viveiro de espera, treinamentos, ações sociais, correção e a implantação da arborização urbana.

Dentre os 10 bairros que serão contemplados estão: Centro, Mapirí, Liberdade, Salé, Laguinho, Fátima, Aldeia, Santa Clara, Aparecida e Jardim Santarém.
Júlio C. Guimarães Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação