Notícias

Atualizado em 22/09/2017 às 12h11

Veja como vai ficar o reordenamento de embarcações em Alter do Chão

Monitoramento inicia nesta sexta-feira (22). Mapa mostra áreas delimitadas e espaços para atracação


A Prefeitura de Santarém, por meio das secretarias municipais de Mobilidade e Trânsito (SMT) e Meio Ambiente (Semma), realizaram no distrito de Alter do Chão, uma reunião com os representantes dos segmentos marítimos para tratar sobre o reordenamento de atracação das embarcações durante o período da festa Çairé e explanar de que forma será o trabalho de fiscalização dos órgãos de segurança. O monitoramento inicia nesta sexta-feira (22).

Foi apresentado um mapa onde ficou delimitados os espaços para atracação de embarcações motorizadas e não motorizadas. A orientação e fiscalização do reordenamento das embarcações será feita pela Divisão de Portos da SMT, em parceria com a Semma, Corpo de Bombeiros, Marinha e Polícia Militar, sendo cada uma atuando na sua atribuição com o objetivo de também manter a segurança dos banhistas.

"A SMT, através da Divisão de Portos, estará com a equipe permanente na vila a partir de sexta-feira para monitorar as embarcações. Essa fiscalização não será feita apenas nos barcos que atuam em Alter do Chão, mas também nas que se deslocam de Santarém, de outras localidades para que eles possam se adequar. O trabalho não será somente no ordenamento em si, mas sobre a regulamentação das embarcações, será verificado desde a questão ambiental com relação aos coletores, como as documentações tanto da embarcação como do condutor", explicou o secretário de Mobilidade e Trânsito Paulo Jesus.

Para o comandante da Capitania dos Portos de Santarém, capitão Freitas, o trabalho em conjunto dos órgãos é necessário devido ao grande número de embarcação e pessoas que se deslocam para a vila. "Nesse período, muitos visitantes e turistas costumam visitar as praias da área costeira da vila e o nosso dever é repassar orientações voltadas à segurança da navegação e salvaguarda da vida das pessoas nos rios, com certeza juntos vamos desenvolver a melhor maneira de se trabalhar com segurança para que todos possam realizar suas atividades e brincar esse período com tranquilidade", finalizou.

Atualmente, existem sete seguimentos marítimos no distrito de Alter do Chão, que são: catraias, lanchas, bajaras motorizadas, catamarãs, barcos de turismo, lanchas de passeio/jet ski e lanchas particulares.

Segue abaixo a ordem de atracação das embarcações durante o Çairé 2017: 

  • Catraias: terão local destinado para atracação em frente a escadaria;
  • Bajaras: ficarão no final da orla entre as travessas São Cristóvão e Antônio Alves;
  • Lanchas de passeio: ficarão no final da orla entre as travessas São Cristóvão e Antônio Alves;
  • Embarcações de turismo: ficarão fundeadas ao lado oposto da praia do cajueiro;
  • Catamarãs, lanchas particulares e motos náutica: ficarão no termino da rua Pedro Teixeira; Local que já é utilizado para a subida e descida das lanchas e motos náutica.

 Estiveram presentes na reunião Semtur, Capitania dos Portos de Santarém, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, associações dos seguimentos marítimos e representantes da Vila. 

Veja na imagem em anexo como ficou o ordenamento das embarcações.

Ordenamento fluvial de Alter do Chão

Marina Bandeira Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação