Notícias

Atualizado em 14/12/2017 às 14h50

Prefeitura de Santarém reafirma parceria com a PM no Projeto de Equoterapia


O prefeito de Santarém, Nélio Aguiar, e a secretária municipal de Trabalho e Assistência Social, Celsa Brito, receberam na manhã desta quinta-feira (14) integrantes da Polícia Militar e da Associação de Pais de Pessoas com Necessidades Especiais (Appnet) para discutir sobre o Centro Interdisciplinar de Equoterapia de Santarém (Cieq). A parceria entre o Município e a PM foi reforçada e um termo de cooperação deve ser assinado entre a Prefeitura e o órgão de segurança do Estado, a fim de melhorar ainda mais os serviços realizados.

"A gente vai assinar um termo de cooperação. Um convênio entre a Prefeitura de Santarém e a Polícia Militar do Pará. Com isso, teremos uma equipe de profissionais treinados e capacitados para atender a demanda de pacientes que precisam realizar a equoterapia", explicou o prefeito Nélio Aguiar.

A equipe técnica atual é composta por uma fisioterapeuta, uma terapeuta ocupacional e uma psicóloga, além de dois instrutores de equitação do quadro de praças da PM. De acordo com a Polícia Militar, é necessário ampliar a equipe para otimizar o espaço e potencializar o uso dos cavalos.

O Projeto da Equoterapia foi reativado em agosto de 2015. De acordo com a PM, são atendidos 16 pacientes, com média de 128 atendimentos mensais.

A equoterapia é um método terapêutico e educacional que utiliza o cavalo para atividades interdisciplinares em saúde, educação e equitação, visando o desenvolvimento biopsicossocial de pessoas com deficiência ou necessidades especiais. O andar do cavalo é utilizado para auxiliar o desenvolvimento psicomotor de crianças com deficiência no momento em que elas são colocadas em cima do animal, sendo monitoradas por profissionais. Os movimentos do cavalo são importantes para o estímulo da pelve semelhantes ao que a pessoa realiza ao caminhar, propiciando conscientização corporal do deficiente e estimulando a aprendizagem ou reaprendizagem da marcha. A terapia com o cavalo propicia atividades motoras, cognitivas e afetivas.

A atividade de equoterapia é realizada no Picadeiro do Pelotão Montado do 3º Batalhão da Polícia Militar (3º BPM) com sessões de terça a sexta-feira, no período da manhã, com duração mínima de 25 minutos cada sessão, para 16 pacientes com quatro cavalos disponíveis.

O projeto só é possível devido à parceria entre o Governo do Estado e o Governo Municipal.

João Machado Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação