Notícias

Atualizado em 12/12/2017 às 12h29

Prefeitura implanta nova modalidade de atendimento em unidades de saúde


As unidades de saúde dos bairros Santarenzinho e Nova República já estão fazendo atendimento de forma diferenciada aos santarenos, desde o fim de semana passado. Após a notícia de que as duas unidades deixariam de atender em regime de plantão 24h, a Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), buscou alternativas para que a população não fosse prejudicada.

A saída foi buscar ajuda junto ao Ministério da Saúde, que orientou que a Prefeitura fizesse a solicitação para que as duas unidades passassem de Unidade Básica de Saúde (UBS) 24h, para Unidade de Acesso Avançado. A solicitação já foi feita formalmente ao Ministério da Saúde, faltando apenas ser oficializada através de publicação de Portaria.

Mas, a Semsa já tem tomado todas as providências para que o novo modelo seja implantado e tenha o seu funcionamento aprovado pelos usuários. As duas unidades iniciaram as atividades nesse novo regime de funcionamento neste fim de semana passado. As diretrizes e acertos foram traçados em reunião entre a Comissão Interna da Semsa, formada para que a ideia fosse discutida e amadurecida, e o Conselho Municipal de Saúde, na semana passada.

A Unidade de Acesso Avançado é uma modalidade de unidade de saúde que funciona sob o princípio do imediatismo. É um sistema moderno de atendimento médico que consiste em atender as pessoas no mesmo dia ou em até 48 horas após o contato do usuário com o serviço de saúde. O Acesso Avançado tem como objetivos, principalmente, diminuir o tempo de espera por uma consulta médica, diminuir o número de faltas às consultas médicas e aumentar o número de atendimentos médicos da população.

A diferença entre elas é que, enquanto a UBS 24h é mantida com recursos do tesouro municipal, a Unidade de Acesso Avançado recebe recursos do governo federal para se manter. Além disso, o horário de funcionamento entre as duas também é diferenciado. A UBS 24h, como o próprio nome diz, funciona diariamente durante 24 horas ininterruptas, já a Unidade de Saúde de Acesso Avançado funciona de segunda a sexta, das 19h às 7h, e aos sábados, domingos e feriados, funciona 24h. No atendimento nos dias de semana (segunda à sexta), os médicos ficam disponíveis nas duas unidades de 19h às 23h e, aos sábados, domingos e feriados, eles atendem das 7h da manhã até as 23h. Nos demais horários, os pacientes contam apenas com o atendimento das equipes de enfermagem.

De acordo com um dos membros da Comissão Interna e coordenador dos médicos da atenção básica da Semsa, Lauro Corrêa, essa modalidade de Unidade de Saúde é importante especialmente para manter a qualidade do atendimento aos moradores desses dois bairros periféricos (Nova República e Santarenzinho) e seus entornos. Além disso, as pessoas que não têm como buscar atendimento à saúde durante o dia, podem fazer agora pela parte da noite, sem precisar marcar consulta. É a chamada livre demanda, onde a pessoa chega e já recebe atendimento. Isso, segundo ele, também reduz a fila de espera nas unidades de saúde, inclusive no Pronto Socorro Municipal.

"Sob a lógica de que, se você conseguir inicialmente dar conta da demanda do dia, sem precisar agendar pacientes para um outro dia, em pouco tempo você consegue qualificar a atenção básica e, com isso, resolver o problema das filas nas UBS's e PSM, por exemplo", explicou Lauro Corrêa.

Os serviços que já estão sendo disponibilizados nas duas unidades são: atendimento ambulatorial com consultas de livre demanda, solicitação de exames e resultados, renovação de receita, suturas, retiradas de pontos, troca de sondas, hidratação venosa, nebulização, pequenas cirurgias, medicação injetável, curativos, encaminhamentos para outras especialidades, se necessário, dentre outros atendimentos.

Dayse Lima Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação