Notícias

Atualizado em 11/12/2017 às 11h04

Praias santarenas passam por nova etapa dos estudos de balneabilidade


Longas faixas de areias alvas e o calor intenso são atrativos para um maravilhoso mergulho no Tapajós. Para garantir essa combinação perfeita, dando mais segurança ao banhista ao entrar na água, a Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), realiza desde sábado (9), seguindo até o dia 17 (domingo) deste mês, nova etapa de coletas de águas para o estudo de balneabilidade de 5 praias santarenas.

Técnicos da Semma e da Conagua Ambiental devem realizar um total de 55 amostras em 11 pontos distribuídos entre as praias com maior fluxo de frequentadores, sendo Maracanã, Pajuçara, Ponta de Pedras, Muretá e Alter do Chão (praia do Centro de Atendimento ao Turista/C.A.T, canal principal do Rio Tapajós, Praia do Cajueiro, Orla de Alter do Chão/escadaria, Orla de Alter do Chão/parte final, Praia do Amor e Igarapé do Macaco).

"Para esse estudo, verificaremos os parâmetros da presença ou não de coliformes termo tolerantes e coliformes fecais. Levamos as amostras para um laboratório aqui em Santarém, onde montamos uma base, e de posse desses resultados, vamos poder fazer a classificação da água ", ressaltou a bióloga da Conágua Ambiental, Wilma Coelho.

Segundo a secretária de Meio Ambiente, Vânia Portela, os últimos resultados foram bastante positivos, atestando que as águas das praias santarenas estão próprias para banho, o que garante a excelente qualidade ambiental nessas áreas balneárias e as torna ainda mais convidativas ao turismo.

"Esse é um projeto que atende o Plano Municipal de Monitoramento das Águas de Santarém para confirmar a segurança de recreação, o lazer do santareno ou visitante. Os resultados são emitidos através de relatório técnico e laudos laboratoriais elaborados pela empresa Conágua Ambiental, como parte da segunda etapa do atual contrato de monitoramento da balneabilidade das praias à margem direita do Rio Tapajós em Santarém", destacou a secretária de Meio Ambiente.

Seguindo o contrato, a empresa deverá entregar os resultados dessa etapa até fevereiro de 2018.

Júlio C. Guimarães Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação