Notícias

Atualizado em 06/12/2017 às 9h00

Operação fiscaliza preço de combustíveis em Santarém


A Procuradoria do Consumidor, órgão ligado à Secretaria Municipal de Gestão, Orçamento e Finanças (Semgof), da Prefeitura de Santarém, realiza até o dia 22 deste mês a Operação ‘Justificatum’, que em latim significa ‘Justifiquem-se’.

A intenção é notificar os postos de combustíveis de Santarém para que apresentem os valores cobrados entre os meses de janeiro e julho deste ano. Os agentes de fiscalização irão verificar as notas fiscais e outros documentos que comprovem, caso existam, eventuais justificativas para aumentos além do que foi autorizado pelo governo federal.

O governo federal autorizou em julho um aumento por litro de R$ 0,41 para gasolina, R$ 0,21 para diesel e R$ 0,19 para etanol. “Se esse aumento tiver realmente na bomba o que o governo repassou para eles, aí tudo bem. Agora, se tiver um aumento excessivo, eles vão ter que se readequar ao valor anterior, na faixa de janeiro até julho, para que o consumidor não seja lesado com isso. Em Santarém, existe combustível de R$ 4,48, R$ 4,38, R$ 4,35, R$ 4,28. Varia muito. Só que alguns postos estão com preços excessivos”, explicou o chefe administrativo do Procon Municipal, Marcelino Xavier.

Ao final da Operação 'Justificatum', o Procon terá o levantamento completo dos preços praticados pelos postos de combustíveis

João Machado Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação