Notícias

Atualizado em 04/12/2017 às 13h00

Exames classificam praias santarenas como muito boas a excelentes para banho

"O resultado é gerado através de relatório técnico e laudos laboratoriais emitidos pela empresa Conágua Ambiental"


Em seguimento ao Plano Municipal de Monitoramento das Águas, os resultados dos exames feitos a partir das coletas de água nas praias santarenas, realizadas em setembro deste ano, apontam que os pontos de balneabilidade apresentam indicadores próprios para banho, recebendo classificação que vai de muito boa a excelente. A ação é realizada pela Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), garantindo a utilização segura das praias para a recreação, conforme estabelece o Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama).

As coletas foram realizadas nos seguintes pontos: Alter do Chão (praia do Centro de Atendimento ao Turista/C.A.T, canal principal do Rio Tapajós, Praia do Cajueiro, Orla de Alter do Chão/escadaria, Orla de Alter do Chão/parte final, Praia do Amor e Igarapé do Macaco); Pajuçara; Ponta de Pedras; Muretá e Maracanã.

O resultado é emitido através de relatório técnico e laudos laboratoriais emitidos pela empresa Conágua Ambiental, empresa responsável pelos estudos, sendo a ganhadora do processo licitatório na modalidade tomada de preço melhor técnica, que faz parte da primeira etapa do atual contrato nº 016/2017, dividido em 9 etapas de monitoramento da balneabilidade das praias da orla fluvial direita do Rio Tapajós.

De acordo com o relatório os serviços compreenderam a coleta de amostras de água, analises de campo e laboratório com emissão de relatórios de ensaios e técnicos. A frequência de amostragem correspondeu a cinco coletas em cada ponto com intervalos mínimos de 24 horas conforme recomendação do Conama. Ao todo, foram processadas 55 (cinquenta e cinco) análises de campo e 55 (cinquenta e cinco) exames microbiológicos em laboratório.

"Realizada a estatística percentual recomendada pela Resolução Conama 274/2000 para o parâmetro mais restritivo - Escherichia coli, quase todos os locais apresentaram condições de qualidade na categoria PRÓPRIA/EXCELENTE, excerto o ponto 2.4 (Alter do Chão/Orla Final) que foi classificado como PRÓPRIA/MUITO BOA". Para o parâmetro menos restritivo - Coliformes termotolerantes, foi observado o mesmo cenário, excerto para o Ponto 1 (Praia de Muretá) que foi classificado como PRÓPRIA/MUITO BOA", informa o relatório.

Segundo a secretária de Meio Ambiente, Vânia Portela, tendo em vista que as próximas análises ocorrem agora em dezembro, a gestão municipal vem realizar a divulgação dos resultados dessa primeira etapa no sentido de possibilitar a sociedade em geral informações garantindo à população local e a os visitantes a utilização segura das praias santarenas para banho.

"Estamos muito satisfeitos com os resultados, pois conforme se verifica as praias foram atestadas numa classificação entre muito boas à excelentes, sendo que somente dois pontos apresentaram indicador um pouco abaixo da média geral, o que não significam que não estão impróprias para banho, mas que vamos dialogar com as Secretarias de Turismo e Infraestrutura para garantirmos que os resultados continuem positivos", destacou Vânia Portela.

A próxima etapa de coletas está prevista para ser realizada entre os dias 7 a 17 de dezembro nas mesmas praias apontadas como áreas de intenso fluxo de banhistas.

Confira o relatório completo neste link: 1º Boletim de Monitoramento da Balneabilidade das Praias da orla fluvial direita do rio Tapajós em Santarém (PA)

Júlio C. Guimarães Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação