Notícias

Atualizado em 01/12/2017 às 10h59

Ministério da Saúde inicia mapeamento de fluxo migratório em Santarém


Visita aos abrigos foi acompanhada pela secretária Municipal de Assistência Social, Celsa BritoO município de Santarém recebeu na quinta-feira (30), a visita da secretária de Gestão Estratégica e Participativa do Ministério da Saúde, Gerlane Baccarin. A vinda da profissional a cidade tem como objetivo iniciar o mapeamento do fluxo migratório dos indígenas da etnia Warao da Venezuela, que ocorre no Brasil, pois segundo ela, é a primeira vez que se registra um movimento migratório de uma população indígena. A Prefeitura de Santarém, atualmente, presta assistência social a 150 venezuelanos refugiados.

Para identificar como tem sido a recepção destes venezuelanos no município, e então iniciar o mapeamento, Gerlane Baccarin visitou os abrigos que acolhem os venezuelanos no município e reuniu com a secretária Municipal de Trabalho e Assistência Social, Celsa Brito; do chefe de Gabinete do Prefeito, Erasmo Maia e do secretário Municipal de Saúde, Edson Filho.Secretária de Gestão Estratégica e Participativa do Ministério da Saúde, Gerlane Baccarin, visitou abrigos de Venezuelanos no município de Santarém

"A Prefeitura de Santarém está de parabéns pelo trabalho que está sendo desenvolvido, você sente uma motivação de toda estrutura do município na busca de soluções para tentar abrigar da melhor forma possível, tirando essa população da situação de vulnerabilidade que se encontrava, e você sente que o trabalho está cada vez se movimentando de uma forma mais organizada para atender essa população sem prejudicar os munícipes de Santarém", destacou Gerlane Baccarin.

A Prefeitura vai analisar as demandas que incidem diretamente no sistema de saúde, e então, o Ministério deve atuar em ações específicas para possíveis soluções.

Geisa de Oliveira Agência Santarém

Prefeitura de Santarém - Coordenadoria de Comunicação